Resenha #9: A Cruz de Zeta, de Fátima Venceslau

Título: A Cruz de Zeta
Autor(a): Fátima Venceslau
Páginas: 171
Editora: Ases da Literatura
Sinopse: Júlia, uma jovem de 17 anos, moradora da cidade do Rio de Janeiro, conhece um misterioso jovem chamado Marcos e apaixona-se por ele. O que ela nem imagina é que o rapaz é um alienígena. É do tipo nórdico: alto, loiro e de olhos azuis. Vive na Terra como um humano. Seu objetivo é cuidar de Júlia e protegê-la contra outro grupo de alienígenas: os reptilianos. Saulo é um tipo rebelde e irônico que gosta de se vestir no estilo gótico e, em princípio, persegue Júlia o tempo todo. Mas, por quê? O que ele quer com ela? Uma guerra pode começar a qualquer momento pela sobrevivência de duas espécies diferentes: os nórdicos e os reptilianos. E, para azar dos humanos, o planeta Terra será seu campo de batalha, pois ambos cobiçam seus recursos minerais e vegetais. Em meio a tudo isso, Júlia descobre que seu passado não é bem o que ela imagina, e agora não sabe mais o que esperar de seu futuro.


"Qualquer ser vivo esta envolto por duas situações: o bem e o mal. Ele pode escolher com qual viver e aquele que ele escolher lhe envolvera duplamente." - A Cruz de Zeta, Fátima Venceslau


Essa história me atraiu logo de cara quando li que a mocinha se apaixonava por um alienígena, pois é totalmente diferente do que estou acostumada a ler. Quando comecei a ler o livro, percebi que é recheado de todas as formas. Ficção, romance, tensão... Isso tudo só tornou a história ainda mais atraente. 

O tema alienígenas por si só já é fantástico, mas a autora conseguiu desenvolver esse tema com uma inteligência absurda. Em várias vezes que era descrito as ações alienígenas na terra, me perguntava se isso realmente pode acontecer e nós, com aquele atestado de trouxa de sempre, não sabermos de nada. Será? O que vocês acham?

A escrita da autora é bem atual e fluída transformando o livro em uma leitura rápida e gostosa. A única coisa que me incomodou um pouco é que muitas vezes vemos descrições longas de alguns detalhes mais maçantes, mas na hora das batalhas senti que faltou um pouco mais de riqueza nos detalhes. 

Quando comecei a ler, demorei certa de dois capítulos para entrar completamente na história. Mas depois que entrei, não consegui largar o livro até saber o final. E enquanto caminhos pro final, a Fátima me surpreendeu de muitas formas. Sabe aquele final que você já tem escrito na cabeça, e a autora te faz de trouxa e muda várias coisas? Foi exatamente isso.

Não me identifiquei tanto com a Júlia, existem outros personagens do livro que me deixaram mais vidrada e mais atraída por suas ações. Inclusive, o livro é narrado em terceira pessoa, mostrando algumas vezes os pensamentos dos personagens. Isto nos faz perceber um pouquinho da cabeça de cada, o que sacia um pouco daquela curiosidade sobre o que o outro está pensando sobre tal ação.

Para finalizar, queria deixar meu apelo a Fátima para desenvolver mais, ou até mesmo criar um livro separado para ele, a história do Saulo. É, com certeza, meu personagem favorito. Foi gratificante acompanhar o crescimento dele durante a história e ver como ele me ganhou, bem como esse livro me ganhou por completo. Ansiosa pela continuação!

Livro cedido pela autora para resenha.



Quotes Perdidos

Norte riograndensse, blogueira por amor ao livros. Curte séries tanto quanto ama terror. Um bom drama vale a pena e nada melhor que um filme junto com um friozinho. Prazer, pode me chamar de Andy.

20 comentários:

  1. Olá :)
    Ganhei esse livro num sorteio no instagram e até agora não li, acredita?
    A premissa dele me lembra muito "Obsidiana".
    Sua resenha me deixou com muiiiiiiita vontade de ler o livro!

    Beijão,
    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro, que sorte a sua, participo de mil e um sorteios e não ganho hahaha
      Leio o livro logo, super recomendo

      Beijos,
      Andy!
      http://quotesperdidos.blogspot.com.br

      Excluir
  2. Nossa wue legal eu conheço a escrita da Fátima através de duas antologias que faço parte também. Ainda não conhecia uma obra só sua. Ela escreve muito bem e fiquei super interessada na sinopse do livro.
    Um abraço
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bom?
    Se fosse pela capa, eu realmente não leria o livro. Mas essa premissa de uma humana que se apaixona por um alienigena me conquistou. Alias, quero saber mais sobre os personagens e também o porque de você não ter gostado muito da personagem principal. Fiquei curiosa para conhecer o Saulo. Com certeza lerei o livro! Beijos,
    http://www.quinzeinvernos.com/

    ResponderExcluir
  4. Parece mesmo ser uma história muito boa por tudo que você contou.
    De primeira ele não me chamou tanta atenção, quem sabe mais pra frente.
    Espero que a autora lhe escute e faça um livro só para a história do Saulo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Oee, tudo bom?
    Sua resenha esta muitoo boa só que eu não consegui me interessar pelo livro :/

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. ADOOOORO ROMANCES ENVOLVENDO ALIENÍGENAS! Esse livro está me chamando, sério! Hahaha. É a segunda vez que leio algo sobre ele e me sinto completamente arrebatada. Sabe quando prevemos que vamos nos apaixonar por uma obra? Acho que será assim comigo. Sua resenha me cativou, flor. Espero curtir muito esse romance. Anotei a dica.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser ótimo! Adorei sua resenha e super me interessei pelo livro. Essa coisa de ter um alienígena na história me deixou bastante curiosa, já que nunca li um livro assim. Beijos!

    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  8. Essa sinopse me provocou estranhamento, ao invés de me atrair ao livro. Hahah
    Apesar de ser bem curto, sua resenha o descreve como bem trabalhado, então a possibilidade de eu chegar a lê-lo não será refutada.
    Parabéns pela resenha e pela divulgação de um livro nacional. [:

    http://discodivinil.blogspot.com.br/

    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Nunca li nenhum livro que envolvesse aliens, nem mesmo de ficção cientifica. Gostei da sinopse do livro A Cruz de Zeta, mas a capa está fraca, nao gostei mto.
    Adorei sabei saber que a autora escreve de um jeito que a leitura flui tranquila, mas sou como vc gosto de detalhes, mas nao gosto qdo é exagerada, me sinto enrolada.
    Que pena que nao gostou tanto da Julia, em compesação ja quero conhecer mais o Saulo tb.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Que premissa inédita!! Acho que esse livro tem tudo pra bombar, pela premissa um tanto diferente. Gostei da premissa, tentarei dar uma chance a ele. Pena que a capa ficou bem simples, não vi nada demais nela.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Também gosto muito da temática alienígena, ainda mais quando bem escrita. Quero ler sim, se tiver a oportunidade. Parabéns pela resenha.

    Bjs!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  12. A capa é bonita, o livro não é muito grande para não parecer massante, mas confesso que não tenho vontade alguma de ler nada relacionado com alienígenas
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi ❤
    A sinopse lembra muito Obsidiana que também quero ler e a sua resenha me deixou bem curiosa.
    A capa achei bem feia, na verdade quando vi, pensei que era livro espírita que tem mais essas capas com céu azul e nuvens brancas e fofas.
    Mas parece que a história é incrível e embora a mocinha seja meio chata o livro ser em 3° pessoas, ajuda nesse quesito já que não é focado nela.
    Se quiser sortear esse livro irei participar :)

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração ❤

    ResponderExcluir
  14. Olha eu já tinha lido algumas resenhas por ai e sinceramente achei bacana a estória do livro.
    Eu acho que seria uma obra que uma das minhas colaboradoras iria gostar bastante e acho que vou ver se pego para que uma delas resenhe em meu blog, porque deve ser muito interessante. Eu só não pego pra mim, porque estou esperando algumas de editoras atrasadas que não me enviaram ainda e não quero ficar atolada, mas mesmo assim vou anotar a dica.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/12/nova-parceria-editora-generale-oba.html

    ResponderExcluir
  15. Cara! Esse é um romance surreal rs, uma jovem que se apaixona por um cara que é um alienígena. Amei a resenha e esse livro vou ler com toda certeza.

    ResponderExcluir
  16. Oiii! Acho que é a segunda obra que leio resenha que fala sobre alienígena. Gosto!!
    Eu acho que é uma temática pouco explorada e só pelo fato da autora ter adicionado vários elementos já me ganhou. Narrativas em 3 pessoa são ótimas justamente para conhecer melhor todos os outros personagens!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Olá!! Assim como você já fiquem bem interessado pelo começo do livro, e pra mim também é bem fora da minha zona de conforto, acho que quando eu estiver numa vibe ficção cientifica eu pego sim ele para ler, mas por enquanto ainda não rsrs... Ah, e amei a capa <3

    Abraços, Miguel do Demasiadamente Lendo

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Não conhecia o livro e confesso que a capa não atrai a atenção.
    Mas lendo a sua resenha fiquei curiosa, verdade, esse tema é bem diferente do que estamos acostumados a ler por ai... fiquei curiosa, acho que nunca parei para pensar nisso, até porque não sou muito informada em relação a esse tema. Mas gostei da proposta do livro.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. OI, tudo bem?
    Não conhecia o livro e fiquei bem curiosa com a premissa. Li poucas histórias com alienígenas, e essa parece ser cheia de fantasia, o que eu adoro. Espero poder lê-lo em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir